Os Serviços Aduaneiros da África do Sul (SARS – sigla em inglês) interceptaram na segunda-feira um cidadão portador de um passaporte moçambicano, no Aeroporto Internacional OR Tambo, na posse de 997.750 dólares americanos, cerca de 63 milhões de meticais.

Trata-se de um cidadão portador de um passaporte moçambicano com o nome de Mamad Kamrudin (No.15AL83846), que durante as interacções iniciais, os policiais realizaram uma inspecção física da sua mochila e, no processo, confirmou-se que ele também tinha uma mala despachada.

Os oficiais, segundo o site oficial da SARS, começaram a revistar o cidadão em causa, na altura passageiro, e durante a entrevista admitiu estar em posse de moeda estrangeira, mas tentou minimizar a quantia.

No entanto, descobriu-se que a maior parte do dinheiro em dólares havia sido escondido no fundo de duas pastas.

Não tendo apresentado alguma documentação que justifica a posse daquela quantia de dinheiro, os policias prenderam o suspeito “de contrabando” e, posteriormente, o entregaram ao Serviço de Polícia da África do Sul (SAPS).

Folha de Maputo