Ossufo Momade que até então era coordenador da Comissão Política da Renamo, na sequencia da morte de Afonso Dhlakama, foi eleito na madrugada desta quinta-feira, presidente do Partido Renamo.

Na distribuição dos votos: Ossufo Momade conseguiu 410 votos, Elias Dhlakama com 238 votos, Manuel Bissopo com 07 votos, Juliano Picardo com 05 votos e Hermínio Morais com zero votos, ou seja, não conseguiu votar-se a si próprio.

Esta quinta-feira, a Renamo deverá eleger o Conselho Nacional e os outros cargos relevantes dentro do partido.

Com esta eleição de Ossufo Momade para Presidente da Renamo, neste IV Congresso, será o próximo candidato as eleições gerais de Outubro de 2019.

Folha de Maputo