Uma cidadã de origem sul-africana está detida desde terça-feira em Maputo, acusada de tráfico de drogas. A indiciada foi encontrada na posse de uma droga denominada efedrina.

Foram 4.8 quilos de efedrina apreendidas no Aeroporto Internacional de Maputo, e a Polícia diz que a mesma partiu de Acra, em Gana e o destino era onde parou, Maputo, mas não nas mãos da Polícia e sim dos traficantes.

A indiciada nega que é traficante e atira a culpa a um amigo, indivíduo que supostamente terá lhe entregue a mala onde se encontravam as drogas.

A efedrina é uma droga que eleva de forma considerável a pressão arterial e a circulação já que ela tem efeito vasopressor e é responsável por contrair vasos sanguíneos, provocando também alguma adrenalina.

Folha de Maputo