A Polícia da República de Moçambique desmantelou uma quadrilha que se dedicava a venda e consumo de drogas em alguns bairros da cidade de Maputo. A Polícia mostrou um outro grupo de jovens indiciados de roubo de bolsas e telemóveis.

A PRM cercou e isolou a zona militar, mais conhecida por Colômbia, na cidade de Maputo, tendo detido alguns supostos consumidores e vendedores de drogas.

Entretanto, os indiciados assumem ser consumidores de droga e afirmam que, no momento da detenção, não tinham consumido drogas e muito menos portavam-na.
Um jovem na imagem apontado como vendedor diz estar ciente dos riscos do seu negócio, mas alega que está no negócio por falta de emprego.

A polícia não conseguiu ainda deter o suposto fornecedor e diz que as autoridades já andavam no encalço dos detidos.

A PRM apela à colaboração dos cidadãos na denúncia de todos que perturbam a ordem e tranquilidade pública.

O País