Um menor de  três anos de idade foi raptado na tarde do passado sábado, quando se encontrava a brincar com os seus amiguinhos. As outras crianças alertaram imediatamente os parentes e estes com ajuda dos vizinhos neutralizaram o suposto raptor que foi detido pela polícia.

O indiciado negou que tenha raptado o menor, começou por explicar que apenas tentou ajudar a criança a atravessar uma estrada.

“Eu estava um pouco grosso, comprei frutas para ele porque estava a chorar”, disse o indiciado.

E noutra margem o indiciado comprou laranjas e tangerinas e ofereceu ao menor.

A polícia diz que as investigações preliminares apontam que o individuo tentou mesmo retirar o menor do convívio familiar.

O País