Marquis Teague e Trahson Burrell, ambos jogadores da equipa Memphis Hustle, da liga secundária da NBA, foram expulsos de um voo da American Airlines, acusados de terem roubado mantas da companhia aérea.

O incidente aconteceu num avião, em Dallas, na véspera de Natal.

Segundo o Daily Mail, quando os dois atletas entraram no avião, uma passageira de 1.ª classe deu-lhes duas mantas. Mas quando uma das assistentes de bordo os viu com as mantas em sua posse, acusou-os de roubo e obrigou-os a saírem do avião, juntamente com um treinador adjunto da equipa.

Mais tarde, a companhia pediu desculpas pelo sucedido e disponibilizou um outro voo para os três, desta vez em 1.ª classe também.

Marquis Teague e Trahson Burrell faltaram ao jantar de Natal da equipa, que estava agendado para aquela noite, mas conseguiram ainda participar da partida frente ao Sioux Falls Skyforce.

Pedimos desculpas pelo que ocorreu neste voo“, disse Joshua Freed. “Orgulhamo-nos de reunir as pessoas, e sabemos que neste voo deixámos alguns de nossos clientes mal vistos. A nossa equipa está a analisar o que aconteceu”, garantiu.

Notícias ao Minuto