O consumo de bebidas alcoólicas e da canábis-sativa (vulgo soruma), tem sido uma realidade que tende a ganhar contornos alarmantes na Escola Secundária do Noroeste 1, na cidade de Maputo.

Além do baixo aproveitamento escolar, a situação por vezes contribui para aumento de casos de roubos e violência no recinto escolar. Este cenário tem sido frequente no curso nocturno.

Por isso, os encarregados de educação que denunciaram a situação durante uma reunião com a direcção da escola e representantes do governo da cidade de Maputo apelaram para maior vigilância por parte das autoridades.

No entanto, mais do que vigilância por parte das autoridades, o combate ao problema passa também pelo envolvimento dos encarregados no controlo dos seus educandos segundo alertaram outros participantes da reunião.

Assim, a direcção da escola e a polícia reconhecem haver dificuldades no combate a este mal, mas comprometeram-se a redrobrar esforços para o efeito.

O País

Advertisements

COMENTE PELO FACEBOOK