O treinador do Bayern de Munique, Carlo Ancelotti, deixa o clube alemão depois de uma derrota frente ao Paris Saint-German, na segunda jornada da Liga dos Campeões.

O técnico italiano, que garantiu ao Bayern o título da Bundesliga (o quinto consecutivo do clube bávaro), foi para o clube substituir Pep Guardiola no verão passado e deixa o Bayern esta quinta-feira após uma reunião do conselho de administração.

O desempenho da nossa equipa desde o início da temporada não atingiu as expectativas que tínhamos pensado”, disse o presidente do clube, Karl-Heinz Rummenigge.

O jogo em Paris claramente mostrou que tínhamos que aceitar as consequências. Quero agradecer ao Carlo pela sua colaboração e arrependimento pelo que aconteceu. O Carlo é meu amigo e vai continuar a ser, mas tínhamos que tomar uma decisão pelo benefício do FC Bayern”, disse Rummenigge
“Espero que a equipa tenha um desenvolvimento positivo e um desempenho absoluto, para que consigamos atingir os nossos objetivos para esta temporada”, esclareceu o presidente do clube.

O Bayern sofreu ontem uma derrota frente ao PSG por três bolas a zero, na segunda jornada da Liga dos Campeões, naquela que foi a maior derrota do clube na fase de grupo da Champions em 21 anos. “O que vimos hoje não é o Bayern”, garanti Rummenigge depois do jogo.

Observador

Advertisements

COMENTE PELO FACEBOOK