carregando...

Thereza Aparecida, uma mulher de 78 anos internada na Unidade de Terapia Intensiva do hospital de São Paulo, no Brasil, foi espancada por um dos enfermeiros no passado domingo.

A idosa ficou com marcas visíveis do ataque, que foram registadas em vídeo pelos filhos. O suspeito do espancamento, um enfermeiro que já trabalhava no Hospital do Servidor Público Municipal de São Paulo há 27 anos, já foi suspenso, conta o site brasileiro G1.

“Ele chamou-me todos os nomes e foi-me batendo. E bateu até cansar”, desabafou Thereza Aparecida no vídeo. Já a filha, Hedilaine Aparecida Garcia, afirmou que “ver a minha mãe com olho roxo, o rosto roxo, o queixo roxo, impossibilitada de se defender… uma senhora de 78 anos. É inadmissível isso”.

A idosa, que se encontrava em recobro de uma cirurgia realizada na semana passada, vai ficar mais tempo internada do que o previsto para poder também recuperar do espancamento.

Cm

COMENTE PELO FACEBOOK