Seis trabalhadores de uma empresa de segurança privada, cuja missão era escoltar um comboio da Beira, na província de Sofala, à Machipanda, na província de Manica, foram recolhidos aos calabouços por vandalização da mesma locomotiva que na altura transportava trigo a granel para o vizinho Zimbabwe.

As autoridades policiais não avançaram os nomes dos visados, nem a firma a que estão afectos, e tão-pouco precisaram a quantidade do produto saqueado. Contudo, disse que o acto teve lugar à noite, numa área pouco habitada, no fim-de-semana passado, no distrito de Manica.

@Verdade