No dia 27 deste mês, um grupo de camponeses encontrou mais de cem corpos num a vala comum na zona 76 da Serra da Gorongosa, em Sofala, no centro de Moçambique.

A vala foi descoberta numa zona para extração de área para a construção da N1, próximo à uma mina ilegal de ouro.

Um dos camponeses que descobriu a vala disse: “[a] vala tem cerca de 102 corpos, uns já em ossadas e outros ainda em decomposição”. Não há sinais de serem corpos de militares ou populares que sofreram devido aos confrontos entre a Renamo-armada e o governo. “Não ha vestígios militares e alguns corpos estão sem roupa.”

Entretanto, os camponeses disserem que no local haviam marcas de camião que manobrou próximo à vala, avançado, deste modo, a possibilidade de haver uma ‘mão fantasma’ de algum gigante.

A populações das zonas em conflitos armados tem sofrido perseguições politicas.

Notícias ao Minuto