Na ocasião, o Governado da província de Inhambane, pediu maior envolvimento das confissões religiosas na mobilização da sociedade  para a promoção da paz, concórdia e combate a outros males  que grassam nas comunidades.

Daniel Tchapo falava na cidade da Maxixe perante centenas de crentes de várias igrejas que testemunharam o lançamento da primeira bíblia ecuménica traduzida em Guitonga.

O Governador indicou que a igreja tem um papal soberbo na promoção da moçambicanidade, daí que os crentes devem unir e lançar a semente da paz dos corações dos que criam instabilidade em algumas regiões do país.

RM