A polícia alvejou mortalmente três elementos de uma quadrilha de oito, que por volta das 9 horas da manhã de terça-feira, invadiu em Nacala-Porto, uma instância turística, localizada na praia de Fernão Veloso, imobilizou a segurança e fugiu levando consigo elevadas somas de dinheiro.

De acordo com testemunhas, depois de imobilizar a guarda, o grupo de oito homens mascarados, na posse de duas armas de fogo do tipo AKM e uma pistola, exigiu ao dono do estabelecimento que lhes dê-se o código do cofre e dinheiro.

Havendo resistência por parte do proprietário para conceder o pedido, um tiro foi disparado contra o seu abdómen, visto que a bala encontrava-se alojada na região da bexiga, este foi internado no hospital distrital de Nacala e submetido a uma cirurgia, a equipa médica explica diz que o estado do paciente é ainda delicado.

Comunicada, a polícia desencadeou uma busca pelos ladrões, que se faziam transportar em duas viaturas, e foi durante a perseguição e troca de tiros que estes acabaram se despistando. E uma das viaturas acabou ficando destruída. No seu interior haviam bebidas alcoólicas, mascarás e outros objectos estranhos.

Policia mata cidadão

Nessa onda de perseguição, que começaram os disparos entre os bandidos e a polícia, e em consequência disto, três dos oito assaltantes acabaram perdendo a vida no local, quatro se escapuliram levando consigo o dinheiro roubado e uma arma, e o último elemento ferido acabou sendo pego pela polícia, mas nega o seu envolvimento.

No entanto a polícia que pronunciar-se oportunamente, diz tratar-se de um grupo perigoso, proveniente da cidade de Maputo e promete ir a caça dos quatro foragidos.

TVM