Está de luto a musica ligeira moçambicana, faleceu ontem um dos ícones da musica ligeira moçambicana Xadreque Mucavel, no hospital central de Maputo (HCM), vitima de acidente cárdio vascular (AVC).

Fontes próximas a vitima, dizem  que  o artista  já vinha se queixado de algumas  dores, mas que o seu quadro clínico piorou na madrugada de ontem, quando  foi levado as pressas ao HCM, onde veio a perder  a vida, vítima de AVC.

Xadreque Mucavel iniciou a carreira musical na década 70 com a gravação da canção Sónia uta Rhandza, e mais tarde notabilizou-se com o registo magnético de temas populares como Ximbomana e Mamana Barigana. Tem quatro álbuns editados, para além de inúmeras canções publicadas no tempo colonial.

Xadreque Mucavel morreu ao 60 anos de idade, numa altura em trabalhava na produção de seu disco o “The Best Of” e a festa de celebração de 40 anos de carreira artística. Mucavel deixa duas viúvas, oito filhos e três netos.