A problemática do estacionamento na cidade de Maputo ganha cada vez mais espaço. São poucos espaços disponíveis para o “mar” de viaturas que inunda a cidade.

O problema torna-se ainda mais bicudo quando aliado à falta de recintos definidos para o efeito, acrescenta-se à arbitrariedade e ao egoísmo da necessidade de querer ter privilégios, originando-se uma luta “titânica” diária entre vizinhos.

A nossa reportagem presenciou uma dessas disputas no bairro do Alto-maé, na avenida do trabalho. “Os vizinhos que chegam mais cedo dos seus afazeres estacionam correctamente. O problema são os outros que quando chegam bloqueiam-nos as saídas e não temos como sair para os nossos locais de trabalho porque temos que depender deles”, ressaltou um dos envolvidos na disputa.

Apesar da solução efectiva para esta contenda ser a criação de parques de estacionamento nas imediações como defendem os moradores, é importante também consciencializar os citadinos de modo a adoptarem uma postura de comunhão .