Uma jovem de 20 anos de idade está às contas com a polícia da África do Sul, acusada de tráfico de pessoas, após tentar vender um bebé de 19 meses de vida pela internet.

A jovem, cuja a identidade não foi revelada foi descoberta pelas autoridades policiais, após a denúncia de um outro usuário do braço sul-africano do portal internacional Gumtree, onde foi divulgado o anúncio com seguinte conteúdo: “Olá, meu nome é anónima, de PMB (Pietermaritzburg), vendo a minha criança de 19 meses por 5 mil rands“.

De acordo com as autoridades da aquele país, o bebé que seria vendido a 5 mil randes correspondente à 15 mil meticais, não é da jovem anunciante.

Os responsáveis pelo site de classificados que oferece informação sobre o aluguer e venda de apartamentos, espaços comerciais e carros, além de trabalhos, roupa, electrónicos e animais de estimação, bloquearam a conta da suposta infractora. Garantiu a responsável de marketing da rede.

A criança está sob os cuidados de trabalhadores sociais. E esforços estão a ser desenvolvidos no sentido de identificar os seus progenitores.