Nacir Armando foi afastado nesta terça-feira, do comando técnico da equipa de Ferroviário de Quelimane, pelos maus resultados que as locomotivas têm vindo a registar na presente edição do Moçambola.

A decisão foi tomada pela direcção do clube das locomotivas de Quelimane, visto que o Armando não conseguiu cumprir com algumas cláusulas do contrato que preconizam os objectivos do clube.

Após o término da primeira volta da principal competição nacional de futebol, correspondente a 13ª jornada, encontra-se no último lugar da tabela classificativa, com apenas 10 pontos, numa ordem de 2 vitórias, 4 empates e 7 derrotas.