Trata-se de uma sala de informática equipada com 25 computadores, incluindo internet para alunos da Escola Secundária de Mangunze, distrito de Manjacaze, província de Gaza, oferecida a cerca de 923 alunos e a comunidade local.

Esta oferta foi feita pelo Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano (MINEDH), em parceria com a República da Correia de Sul e a Samsung. Sendo uma infra-estrutura que funciona com base em energia solar.

mined1

Falando neste sábado, durante a ocasião da oferta, o ministro do pelouro, Jorge Ferrão, exortou a direcção da escola, alunos, país e encarregados de educação, incluindo a comunidade local que também faz parte do grupo que vai se beneficiar daquelas Tecnologias de Comunicação e Informação (TICˈs), a conservarem o equipamento informático, uma vez que o projecto encontra-se numa fase experimental para o alastramento a restantes 10 províncias do país.

“É um projecto que permitirá o aumento dos níveis de literacia tecnológica providenciando os meios”, disse Ferrão enfatizando que é uma sala que vai funcionar para os alunos e a comunidade local.

Além de sala de informática, o empreendimento inclui também uma televisão para que a comunidade se conecte as restantes 10 províncias e os quatro cantos do mundo,

Moçambique é o quinto país africano com este tipo de sala, juntando-se aos outros quatro nomeadamente África do Sul, Tanzânia, Ruanda e Gana.

Por seu turno, Cremildo Buque, aluno da escola, “esta sala vai melhorar as nossas condições de aprendizagem”, apontou apelando ao governo para disponibilizar outros materiais necessários e importantes como livros bibliotecários e água potável.