Um cidadão de 37 anos de idade encontra-se detido nas  celas na 3ª Esquadra da Polícia da República de Moçambique (PRM), na cidade de Maputo, indiciado de ter espancado  até à morte na manhã de sexta-feira (17) o seu empregado de 27 anos de idade.

Falando nesta segunda-feira no habitual briefing a imprensa, o porta-voz da PRM a nível da Cidade de Maputo, Orlando Mudumane disse que o patrão teria regressado à casa embriagado e agrediu fisicamente ao seu empregado alegadamente porque havia roubado alguns bens.

A vítima não resistiu aos ferimentos devido à violência dos golpes, tendo perdido a vida ainda no local do crime. Na altura o proprietário da casa ter-se-ia posto em fuga, tendo sido capturado na noite de domingo e posteriormente detido na 3ª Esquadra da Polícia da cidade de Maputo.