O presidente da república, Filipe Nyusi, nomeou nesta quarta-feira (10), o jornalista Arsénio Henriques Cossa para o cargo de Adido de imprensa da presidência e Marlene Sinoda de Anselmo Lino Magaia como Curadora do Museu.

Essas informações foram tornadas públicas através de uma nota de imprensa da presidência que o MMO teve acesso.

“O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, no uso das competências que lhe são conferidas pelo número 3 do artigo 6 do Estatuto Orgânico da Presidência da República, Arsénio Henriques Cossa para o cargo de Adido de Imprensa do Presidente da República”, lê-se no ofício.

Até a data da sua nomeação, Arsénio Henriques Cossa era jornalista do Grupo SOICO e Marlene Sinoda de Anselmo Lino Magaia desempenhou, nos dois mandatos de Armando Guebuza, o cargo de adida de imprensa da presidência da república.

Refira-se que Museu da Presidência da República tem como objectivo coleccionar e restaurar os diversos materiais fotográficos, discográficos, documentais e ofertas que marcam os diversos momentos históricos dos Presidentes da República de Moçambique.

A nomeação do jornalista Arsénio numa instituição pública, torna-se a segunda depois de, na semana finda, o estadista ter empossado Emília Moiane, outra profissional da comunicação social, à direcção do Gabinete de Informação (GABINFO).