Depois da quadra festiva, os preços dos principais produtos referentes à cesta básica continuam estáveis na maioria dos mercados monitorizados pelo Sistema de Informação de Mercados Agrícolas (SIMA).

O preço da farinha de trigo, um dos produtos muito procurado na passagem da quadra festiva continua a ser comercializado a preços que variam entre 20,00 e 40,00 meticais por quilograma.

Os preços mais baixos estão a ser praticados nos mercados de Nampula (20,00 Mts/kg), Chimoio e Inhambane (22,00 Mts/kg) e os mais altos estão em vigor nos mercados da Cidade de Beira e Quelimane (35,00 Mts/kg) e Cidade de Lichinga (40,00 Mts/kg).

O preço de arroz também não variou durante o período em análise. O Mercado da Vila de Massinga foi o único que registou subida em 8%, passando o preço ao consumidor para 27,00 Mts/kg contra 25,00 Mts/kg pagos na semana anterior. Nos restantes mercados este cereal continua a custar entre 25,00 Mts e 40,00 Mts/kg.

No período compreendido entre 22 e 29 de Dezembro corrente houve apenas uma subida de preços de milho, na Cidade da Beira em 13% passando o consumidor a pagar 10,29 Mts/kg contra 9,14 pagos na semana passada e uma queda de 7% reportada da Cidade de Lichinga passando o milho a custar 7,43 Mts/kg contra os anteriores 8,00 Mts/kg.

De um modo geral, o preço deste cereal está situado entre 10,00 Mts e 13,00 Mts/kg na zona sul e 7,00 Mts/kg e 10,00 Mts/kg na zona centro do País, e entre 8,50 Mts e 9,00 Mts/kg na zona norte.

O mercado grossista de Bazuca, arredores da Cidade de Maputo, registou uma redução da oferta de feijão manteiga e amendoim entre os dias 22 e 29 de Dezembro corrente. Segundo os comerciantes, não houve entrada de produtos agrícolas naquele mercado, pois os comerciantes foram passar a quadra festiva junto com as respectivas famílias, alguns fora da Cidade de Maputo.

A oferta de feijão manteiga baixou de 100 toneladas na semana passada para 90 toneladas na presente, uma redução de 10%, enquanto o feijão catarina registou uma queda de 30% na sua disponibilidade havendo nesta semana 35 toneladas.

 A quantidade do amendoim pequeno nacional baixou em 13%, passando de 115 toneladas na semana passada para 100 toneladas na presente semana e a quantidade do amendoim importado reduziu em 35% havendo 32,500 toneladas nesta semana contra 50 toneladas existentes na semana passada.

No entanto, o mercado grossista de Xiquelene, também localizado na Cidade de Maputo, registou subida em 67% na oferta de milho, havendo nesta semana 17,5 toneladas contra 10,5 toneladas registadas na semana passada.

Esta subida na disponibilidade deste cereal poderá significar que houve procura de milho na última semana.

No mercado da Cidade da Beira também houve registo de uma redução de 26% na quantidade de feijão manteiga havendo nesta semana 139,55 toneladas. A quantidade de amendoim grande reduziu em 91% havendo disponível 2 nesta semana 15,46 toneladas. Ao contrário do mercado de Xiquelene, na Cidade da Beira a quantidade de milho baixou de 315 toneladas para 241,5 toneladas, uma redução de 23%.