No decurso da campanha eleitoral, a Governadora da cidade de Maputo, Lucília Hama, reuniu-se esta terça-feira (23) com os idosos do bairro de Xipamanine, para pedir voto para o seu candidato Filipe Nyusi e a Frelimo.

A dirigente prometeu que caso Filipe Nyusi seja eleito Presidente da República, a condição de vida e os benefícios inerentes aos idosos continuaram a ser uma das prioridades do seu Governo.

“O nosso candidato tem um programa de mudança e de continuidade. Ele dará continuidade ao trabalho feito pelos presidentes Eduardo Mondlane, Samora Machel, Joaquim Chissano e Armando Guebuza. Por isso, vamos votar em Nyusi e na Frelimo para continuarmos a ter mais escolas, mais hospitais, mais estradas e para que os idosos continuem a ter subsídio de idosos”, garantiu Hama.

Como membro da brigada central, Hama ensinou o eleitorado a preencher o boletim de voto tanto para as presidenciais como para os candidatos da Frelimo à Assembleia da República e para as assembleias provinciais.

“No boletim de voto temos que procurar a imagem do nosso candidato Filipe Nyusi, que se encontra em segundo lugar. Quem sabe escrever, põe um x e quem não sabe coloca o dedo com a tinta. E para os deputados, aqueles que têm a missão de fiscalizar o trabalho do Governo, temos que procurar a imagem da Frelimo que está simbolizado pelo batuque e pela maçaroca”, instruiu a dirigente que afirmou que votar bem é votar em Nyusi e na Frelimo.

Ao namorar o eleitorado, a governante avançou que só com o seu candidato e a Frelimo é que o país terá um desenvolvimento sustentável, “por isso, vamos votar em Nyusi porque ele representa a mudança e o desenvolvimento do país”.

Com cerca de 20 mil eleitores inscritos, a cidade de Maputo elegerá 16 deputados para a Assembleia da República.