Início Sociedade Segurança Dois mortos e dezasseis feridos das forças militares do Governo

Dois mortos e dezasseis feridos das forças militares do Governo

Dois mortos e dezasseis feridos, todos eles efectivos militares das forças governamentais, é o rescaldo de um ataque a uma coluna ocorrido no último domingo em Ripembe, na Estrada Nacional N1 no troço Muxúnguè-Save, na província central de Sofala.

Os corpos dos dois militares mortos, segundo as nossas fontes da região, foram transportados para Mambone, enquanto os dezasseis feridos foram levado a Vilanculos tudo na província de Inhambane.

Segundo uma das fontes que viajava na coluna ido de Chimoio, os militares faziam-se transportar num autocarro cuja empresa proprietária não conseguimos apurar.
Uma mulher que viajava no cortejo disse que o autocarro que foi alvejado transportava militares que saiam do Centro de Preparação Militar de Montepuez, província de Cabo Delgado, o que pressupõe que os mesmos acabavam de encerrar mais um curso.

O major Benjamim Chabuala, do Gabinete de Imprensa do Ministério da Defesa, disse ao Canalmoz que “não tenho informação oficial sobre o assunto”.
“Não tenho informação sobre o assunto. Oiço também dizer por aí. Mas quando tivermos algo a dizer vamos convocar a Imprensa. Talvez contactar o senhor Pedro Cossa, ele pode saber alguma coisa”, disse Benjamim Chabuala.

Artigo anteriorJorge Khalau diz que a Polícia não vai tolerar violência e desobediência
Próximo artigoSecretário-geral da Renamo impedido de visitar 35 membros