Um total de 15 bolseiros moçambicanos, dos quais cinco do sexo feminino, partiram semana finda com destino à Angola, onde vão frequentar, durante três anos, cursos médios nas áreas de perfuração de poços de petróleo, instrumentação, processamento de gás, geologia de minas e geologia de petróleos.

Estes bolseiros vão àquele país no âmbito da implementação da estratégia de formação do Ministério dos Recursos Minerais, aprovada em 2010, que tem como objectivo dotar o país de quadros com competências técnicas especializadas para servir as instituições relevantes e as indústrias de petróleos emergentes, numa altura em que se descobrem importantes jazigos de recursos minerais e hidrocarbonetos.