Início Sociedade Segurança PRM e comunidade cercam crime

PRM e comunidade cercam crime

PRM e comunidade cercam crime
Falando no bairro George Dimitrov (Benfica), no Distrito Municipal KaMubukwane, Alberto Mondlane, Ministro do Interior, garantiu que a sua corporação não descansará enquanto não prender todos os indivíduos que se apoderam dos bens dos cidadãos ou que protagonizam outros tipos legais de crimes.

Mondlane escalou aquele bairro no penúltimo dia da sua visita à cidade capital que tem por objectivo verificar o cumprimento das directivas e planos do sector nas unidades da Polícia, de Migração, do Serviço Nacional de Salvação Publica, entre outras.

Na ocasião, o governante foi confrontado com várias denúncias feitas pelos moradores de George Dimitrov, dentre as quais alguns “excessos” da Polícia no processo da manutenção da ordem, tranquilidade e segurança públicas.

Helena Cossa, moradora do quarteirão 39 daquele bairro pediu ao ministro do Interior para dialogar com os seus elementos para que sejam mais ponderados na repreensão dos cidadãos que, no exercício do seu negócio, violam a lei.

“Os preços do passaporte e do Bilhete de Identidade são elevados. Penso que devia existir uma diferenciação do custo entre o momento em que a pessoa vai adquirir pela primeira vez e na renovação”, solicitou Cossa.

Para Catarina Muchanga, a maior aflição está na falta de apoio na segurança e evacuação dos seus bens uma vez que o seu quintal está inundado pela água da chuva que se verifica nos últimos dias.

A questão de cobranças ilícitas e certa “arrogância” protagonizada por alguns elementos da corporação foram apontados pelos moradores como outros problemas da actualidade.

Perante estes e outros problemas, o ministro afirmou que tomou nota e que irá trabalhar com vista a resolvê-los.

No que tange à chuva, Mondlane garantiu que os bombeiros irão fazer de tudo para salvar as pessoas. Aliás, a própria Polícia, sempre que necessário, irá agir em prol dos moradores em risco das cheias, quer na cidade de Maputo, quer noutros pontos do país onde a chuva tem estado a cair intensamente.

“O crime não vai crescer mais no país pois a Polícia está melhor organizada agora”, assegurou o governante, para quem os seus efectivos estão de parabéns pois, mesmo perante dificuldades garantem a segurança aos cidadãos.

Na ocasião, apelou à população para que contribua na manutenção da paz pois sem ela nada pode ser feita. “Tudo o que fazemos devemos ter em conta o bem-estar das gerações vindouras. Por isso, não vandalizemos as nossas infra-estruturas”, destacou o governante.

Hoje, último dia da sua visita, Mondlane escala o Distrito Municipal KaTembe.

Artigo anteriorRamaya em liberdade condicional
Próximo artigoChuva – Chókwè e Guijá já inundados