O município da Matola, nos arredores de Maputo, atraiu investimentos que excederam 1,7 mil milhões de dólares entre 2009 e 2011, revelou o presidente do Conselho Municipal, Arão Nhancale, ao falar na abertura do IV Fórum Empresarial da Matola.

Citado pela agência noticiosa moçambicana AIM, Nhancale adiantou que entre 2010 e 2011 o município recebeu investimentos que excederam 500 milhões de dólares que foram aplicados em 50 projectos empresariais que geraram cerca de dois mil postos de trabalho.
De entre os projectos realizados no município, Arão Nhancale salientou a construção de 10 mil casas orçadas em cerca de 200 milhões de dólares, a instalação do parque industrial de Lingamo (3 milhões de dólares), a edificação de uma fábrica de materiais para a construção civil (15 milhões de dólares) e a construção de um hotel e um centro comercial na Machava (2,5 milhões de dólares).

“Destaca-se ainda a construção de uma fabrica de montagem de viaturas na Machava e daquela que será a maior unidade de produção da Coca-Cola na região austral de Africa, que irá ocupar uma área de 20 hectares”, disse Nhancale.
Estes números, segundo o presidente do Conselho Municipal, demonstram o crescente interesse dos empresários moçambicanos e estrangeiros em investir na Matola e reflectem as condições e facilidades criadas pelas autoridades municipais na promoção da zona como destino preferencial de investimento e de negócios.