“Levantamentos preliminares indiciam ter havido falha na observância das regras de segurança industrial.”

Um engenheiro mecânico, de nome Selmar José Gassene , morreu na última quarta-feira, em Tete, vítima de acidente do trabalho, do tipo queda. O acidente ocorreu na fábrica Mozambique Leaf Tobacco.

O malogrado, de 48 anos de idade, de nacionalidade brasileira, perdeu a vida no local, onde se encontrava a fazer trabalhos de reparação do tecto falso da fábrica, ao cair a uma altura de 14 metros.

A Direcção Provincial do Trabalho de Tete está a averiguar o sucedido, mas levantamentos preliminares indiciam ter havido falha na observância das regras de segurança industrial, bem como um excesso de confiança.

Salmar, que vinha trabalhando na empresa desde 2005, foi o responsável pelo desenho do projecto técnico da actual fábrica e da garantia a sua manutenção. Há cerca de dois anos ocorreu um acidente semelhante. Já estão em curso procedimentos visando a transladação do corpo do malogrado para o seu país de origem, Brasil, e inclusive já foi feita a respectiva autópsia.

A Mozambique Leaf Tobacco é uma das maiores empresas empregadoras da província de Tete, actualmente com 1 527 trabalhadores sazonais e 394 efectivos.