Sociedade Beira: SERNIC desmente que foram encontrados seis corpos num terreno baldio

Beira: SERNIC desmente que foram encontrados seis corpos num terreno baldio

O SERNIC em Sofala diz não constituir a verdade a informação revelada pela população do Bairro 22, que dão conta de que foram encontrados seis corpos abandonados num terreno baldio, na cidade da Beira.

Depois de várias tentativas malsucedidas de obter reacção das autoridades à denúncia feita pelos moradores do bairro 22, no posto administrativo de Inhamizua, na cidade da Beira, a imprensa foi convocada, esta terça-feira, pelo SERNIC, que desmentiu a informação.

“Nós temos registo de um caso de homicídio, que ocorreu em Junho, e há três indivíduos detidos em conexão com o caso. Agora, esses seis corpos que são propalados na imprensa nós não temos conhecimento. Nós fomos ao terreno, falámos com as autoridades locais, e não confirmamos essa informação. Não sabemos de onde vêm esses corpos. Pode ser que tenham ocorrido em anos anteriores ou que tenham ocorrido sem o registo das autoridades, mas deste não temos conhecimento.”

Contudo, Alfeu Sitoe diz ter conhecimento de ocorrências criminais no vasto terreno baldio e, quanto ao patrulhamento, disse que não podia pronunciar-se, uma vez ser competência da PRM, contudo garantiu que o SERNIC faz trabalhos de segmentos secretos na área.

Recomendado para si:   Três indivíduos condenados a dois anos de prisão por recenseamento ilícito

Sitoe disse ainda que é legítimo que a população exija a edificação de infra-estruturas básicas e essenciais, como escolas, hospitais e postos policiais, mas que tal não é competência do SERNIC.