Sociedade Aluno expulso após agredir professores e colegas

Aluno expulso após agredir professores e colegas

A Direcção da Escola Secundária de Nampula decidiu expulsar o aluno que semana passada agrediu fisicamente três professores e dois colegas. O aluno cometeu o acto aparentemente drogado.

Assim, a decisão enquadra-se no regulamento interno, que estabelece que o aluno que independentemente das razões partir para agressão aos professores e outros funcionários da escola será expulso. Trata-se de um aluno da 8ª classe, que na companhia de seus amigos, devidamente uniformizados, saltou o muro da escola adentro e agrediu os três professores e colegas.

Em consequência da acção violenta um professor, que também é director de classe, teve hemorragia nasal, enquanto os alunos agredidos perderam os seus bens.

O aluno expulso é reincidente na prática de agressão aos professores e colegas, muitas vezes sob efeitos de droga, factor que contribuiu na celeridade da decisão tomada pela direcção da escola, por sinal uma das que se destaca no grupo de estabelecimentos de ensino onde os alunos consomem estupefacientes e bebidas alcoólicas.

No entanto, a direcção da escola está preocupada com o posicionamento dos pais e encarregados de educação do aluno visado que, diante dos factos, se opõem à decisão baseada no regulamento interno.

Recomendado para si:   Detidos etíopes por imigração ilegal na Beira

O director da Escola Secundária de Nampula, Albertino Luís, considera este posicionamento dos pais e encarregados de educação, no geral, uma negligência das famílias na educação dos filhos.