Destaque Repatriamento de refugiados no Malawi inicia a 22 de Julho

Repatriamento de refugiados no Malawi inicia a 22 de Julho

O repatriamento voluntário de refugiados moçambicanos no distrito de Nsanje, no Malawi, vai iniciar-se no próximo dia 22 de Julho. Para o efeito, o Governo distrital de Nsanje compromete-se a finalizar a lista de todos deslocados que se encontram em oito centros de acomodação e a enviá-la a Moçambique até à próxima sexta-feira, 8 de Julho.

A decisão foi tomada, esta quinta-feira, na cidade de Blantyre, depois de uma reunião técnica conjunta com a Organização Internacional das Migrações, governo do Malawi e a missão diplomática de Moçambique, ali representada.

O director nacional de Prevenção e Mitigação no INGD, César Tembe, deu a conhecer que o processo de levantamento estatístico das pessoas termina no dia 08 de Julho, o que vai dar espaço ao governo moçambicano para criar  condições para o retorno das famílias.

Segundo César Tembe, trata-se de uma operação que contará com a ajuda da Organização Internacional das Migrações.

O administrador do distrito de Morrumbala, João Nhambessa, disse que após a conclusão do processo de evacuação, será feito um trabalho para que nas próximas ocasiões a população não se desloque para o Malawi.

Artigo anteriorCabo Delgado tem 31 hospitais destruidos devido aos ataques terroristas
Próximo artigoAlgumas gasolineiras já estão a fechar as bombas