Início Destaque Procuradora-geral de Guatemala foi proibida de entrar nos EUA acusada de corrupção

Procuradora-geral de Guatemala foi proibida de entrar nos EUA acusada de corrupção

Os Estados Unidos proibiram a entrada em seu território da procuradora-geral da Guatemala, Consuelo Porras, ao incluí-la em uma lista de funcionários corruptos dos países do Triângulo Norte da América Central, informou na segunda-feira (20) o secretário de Estado americano, Antony Blinken.

A procuradora-geral da Guatemala “obstruiu as investigações de atos de corrupção ao interferir em investigações criminais”, afirmou Blinken em comunicado.

“O padrão de obstrução de Porras incluiu ordenar aos promotores do Ministério Público (MP) da Guatemala que ignorassem os casos com base em considerações políticas e solapar ativamente as investigações realizadas pela Procuradoria Especial Contra a Impunidade, que inclui a destituição de seu promotor principal, Juan Francisco Sandoval, além da transferência e da demissão de outros promotores que investigam a corrupção”, explicou.

Após ser removido em 23 de julho, Sandoval revelou que se deparou com muito obstáculos em seu trabalho, e que foi solicitado a não investigar o presidente Alejandro Giammattei sem o consentimento de Porras.

FONTEISTOÉ
Artigo anteriorVacina da Pfizer contra a Covid-19 apresenta falha em idosos
Próximo artigoAgente da PRM foi detido por matar a tiro um menor de 18 anos em Moamba