Um júri da Justiça Federal dos Estados Unidos indiciou, na sexta-feira (07), os quatro policiais que participaram da abordagem que terminou com a morte do ex-segurança negro George Floyd, em Maio do ano passado.

Os agentes responderão por violação dos direitos constitucionais e por não dar assistência médica.

Thomas Lane, J. Alexander Kueng e Tou Thao serão julgados em Minnesota, em Agosto, por ajudar e favorecer um homicídio em segundo grau – assassinato intencional, mas não premeditado.

Em companhia de Derek Chauvin, condenado em Abril pela morte do ex-segurança, Kueng e Thao ainda vão responder, em esfera federal, por uso de força excessiva e por terem provocado uma convulsão em Floyd durante a abordagem, pouco antes dele morrer.