Início Desporto Horácio Gonçalves é apresentado como novo seleccionador dos Mambas

Horácio Gonçalves é apresentado como novo seleccionador dos Mambas

O treinador da equipa do Costa do Sol, Horácio Gonçalves, foi apresentado na tarde de ontem (16) como o novo seleccionador nacional de futebol. Gonçalves foi apresentado pelo presidente da Federação Moçambicana de Futebol, Feizal Sidat.

O Horácio Gonçalves sucede Luís Gonçalves no cargo e seu contrato estende-se até 2023. Seu baptismo será a segunda etapa de disputa das eliminatórias de qualificação ao Campeonato do Mundial do Qatar.

O novo técnico dos “Mambas” é português e já orientou clubes daquele país e em Moçambique dirigia o Costa do Sol.

“Analisámos várias propostas de alguns treinadores de renome. Temos limitações de orçamento. Há treinadores de grande craveira que estão fora dos nossos orçamentos. Mas trabalhamos para que tenhamos um treinador que vá de encontro com as nossas expectativas, que tenha um horizonte de médio a longo prazos. Posso dizer que será um treinador ambicioso e corajoso”, referiu.

Tal como referiu Feizal Sidat, a nacionalidade do técnico não será determinante, mas sim a disponibilidade, compromisso e potencial para implementar o programa federativo da selecção principal de futebol de Moçambique.

“O importante é que tenha um perfil que aprovamos e que pense na remodelação e também que possa promover alguns jovens das selecções Sub-20 e Sub-23. Terá de estar em sintonia com o Gabinete Técnico. Será um treinador com ambição e coragem de promover a juventude”, anotou.

Sobre os objectivos a propor ao futuro treinador dos “Mambas”, Feizal Sidat referiu que “teremos eliminatórias do CHAN, qualificação aos Jogos Olímpicos, Cosafa, Campeonato do Mundo e várias outras competições pela frente e cada uma tem as suas especificidades. Felizmente temos um Gabinete Técnico competente que está a trabalhar pensando em várias competições”.

FONTEJornal Notícias
Artigo anteriorCasamentos são adiados porque noivos querem festas de sonho sem desconvidados
Próximo artigoAgente do SERNIC condenado a 8 anos de prisão por violação sexual de menor