Proprietários de estabelecimentos comerciais contestam a demolição de seus empreendimentos para dar lugar a construção de bombas. Os proprietários dos estabelecimentos demolidos exigem indemnização que o município afirma que não há espaço para tal.

São proprietários de estabelecimentos comerciais que viram suas barracas demolidas neste espaço, no âmbito da reorganização e requalificação dos mercados.

Mas o espanto não tardou a chegar.

A par desta contestação exigem indemnização. Dona Rita exibe documentos da exploração do espaço há mais de 20 anos.

O município reagiu e diz que a fixação deste, neste local, é ilegal e não abre espaço para indemnização.

Em relação a acusação de atribuir espaços alegadamente proibidos a privados, o porta-voz diz ser da competência do município.

Avança ainda que a edilidade está aberta para esclarecimento de qualquer dúvida sobre o assunto.