Uma criança foi morta e três pessoas foram gravemente feridas, na sexta-feira, 7, num ataque de homens armados contra um autocarro, no distrito de Chibabava, na província moçambicana de Sofala.

“Só ouvimos tiros. Atingiram uma criança, que morreu, e três adultos ficaram feridos” contou à VOA, Anastácio Jorge, um dos sobreviventes.

A viatura fazia o trajeto Maputo-Nampula, quando foi atingida, cerca das 06:00 horas locais, no troço Casa-Nova e Mutamira, em Chibabava, na Estrada Nacional número um (N1), a principal de Moçambique.

O ataque não foi reivindicado e a VOA não obteve comunicação oficial sobre o mesmo.

O incidente ocorreu numa zona sem um histórico de emboscadas, mas a poucos quilómetros de Mutindiri, onde há relatos frequentes de ataques da autoproclamada Junta Militar da Renamo, dirigida pelo general Mariano Nhongo.