A empresa Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM), cancela a partir de amanhã, os comboios de passageiros de longo curso, no quadro do reforço das medidas de prevenção contra a Covid-19.

Segundo um comunicado enviado a Folha de Maputo os comboios de longo curso que serão cancelados a partir desta segunda-feira (23) são para Ressano-Garcia, Goba e Chicualacuala, na linha sul e Moatize e Marromeu, na linha centro.

De acordo a nota de imprensa, a empresa indica que irá operar com comboios urbanos com destino a Matola-Gare, Moamba, Boane e Marracuene, no sul e Dondo, no centro, com uma lotação máxima de cinquenta passageiros por carruagem.

O Ministro da Saúde, Armindo Tiago, confirmou na tarde deste domingo, um caso de Coronavirus. Trata-se de um cidadão moçambicano de 75 anos, que contraiu a doença fora do País.

Segundo o ministro, o idoso está em isolamento domiciliar e segue o acompanhamento das autoridades de saúde do país. Armindo Tiago, ainda reafirmou a necessidade de prevenção e acatar as decisões tomadas pelo governo para evitar contágio.