Manuel de Araújo, edil do conselho autárquico de Quelimane defendeu que, o país precisa reflectir sobre a reconciliação do estado com as igrejas e com a religião, com partidos políticos, com as tradições do povo e princípios da economia moderna.

De Araújo disse ainda ser desafiante a descoberta dos recursos naturais no norte do país.

De Araújo falava aquando da cerimónia de graduação da Faculdade de Ciências Sociais e Políticas da Universidade Católica de Moçambique (UCM) naquela parcela do país.

Já para o reitor da Universidade Católica de Moçambique Filipe Sungo, uma das missões da universidade é ensinar valores éticos e morais.

Dos 319 graduados em diversos cursos 182 são mulheres e 110 homens

O País