O Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano diz que indivíduos de má-fé estão a fazer circular nas redes sociais exemplares falsos de exames finais da 10ª e 12ª classes, em troca de valores monetários.

O director-geral do Instituto Nacional de Exames, Certificação e Equivalências no Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano, Feliciano Mahalambe, alerta aos alunos e encarregados de educação para não se deixarem enganar.

Segundo a Rádio Moçambique, Mahalambe afirmou que os exames que arrancaram na quarta-feira, à escala nacional, foram elaborados tendo em conta as matrizes enviadas para as escolas, acrescentando que tudo está acautelado para que os exames decorram sem sobressaltos

Jornal Notícias