Denúncias sobre alegado envolvimento de advogados em actos de corrupção têm sido frequentes nos últimos tempos em Moçambique, e o bastonário da Ordem dos Advogados, Flávio Menete, diz que este fenómeno coloca as instituições de justiça num descrédito total.

“Nos últimos tempos tendem a aumentar e até a sofisticar-se as formas de praticar a corrupção, incluindo solturas ilegais de criminosos, tráfico de influência e conflitos de interesse, envolvendo alguns advogados da praça”, afirmou o professor Cláudio Lamarques.

Por seu turno, o analista Luís Dickson, realçou que “alguns advogados corruptos, libertam indivíduos cujo envolvimento em actividades criminais foi provado”.

O bastonário da Ordem dos Advogados de Moçambique, Flávio Menete, considera péssimo o comportamento desses advogados, porque numa sociedade em que não haja uma justiça forte, naturalmente que nós corremos o risco de ter essa sociedade a colapsar”.

VOA