A fronteira de Ressano Garcia passa a funcionar 24h, todos os dias, facto tornado possível através da assinatura de instrumentos jurídicos sobre a matéria, num acto testemunhado pelos  ministro do interior dos dois países, com vista a dar maior comodidade aos cidadãos moçambicanos e sul-africanos.

Estava previsto que a mudança fosse introduzida em Abril, mas foi adiada devido a questões técnicas. O posto fronteiriço de Ressano Garcia funcionava 18 horas por dia, sendo que ficava o dia todo aberto, apenas durante a quadra festiva.

O País