Em Cabo Delgado, dois Policiais ainda não pagaram a indemnização a um jornalista por terem violentado e detido durante a cobertura de uma cerimónia pública.

São cinquenta mil meticais, determinados pelo Tribunal Judicial da cidade de Pemba, e que deviam ser pagos até Maio último.

O jornalista Estacios Valoi ainda não recebeu os 50 mil meticais de indemnização dos dois policiais que o violentaram e detiveram numa cela da esquadra, apenas por estar a captar imagens de uma cerimónia pública.

A sentença foi apresentada pelo Tribunal Judicial da cidade de Pemba, no dia 27 de Março último, e os acusados não remeteram o recurso do caso, mas até hoje, o valor não foi pago.

A indemnização devia ser liquidada há cerca de dois meses, e como não foi feito pagamento voluntário, a defesa entrou com uma acção de cobrança coerciva aos dois policiais que continuam no silêncio.

Segundo a sentença, os dois policiais foram condenados pelo crime de violência no exercício das funções públicas, por terem orientado aos agentes da lei uso da força contra o Jornalista moçambicano, Estacios Valoi, que foi algemado em público e detido numa esquadra, apenas por estar a captar imagens da comemoração do dia da mulher moçambicana, a 7 de Abril de 2017.

O País