O Presidente da República, Filipe Nyusi e o Presidente da Renamo assinaram o acordo definitivo de cessação das hostilidades militares em Gorongosa, província de Sofala. O acordo põe fim aos conflitos militares no país.

O acordo antecede, outro, de paz e reconciliação que deverá ser assinado em Maputo, segundo anunciou ontem o Presidente da República durante a apresentação do seu último informe sobre a situação geral da Nação.

O acordo é assinado depois de uma longa jornada de debates, encabeçados pelo Chefe do Estado e o líder da Renamo.
Participam na cerimónia de assinatura do acordo definitivo várias personalidades, entre elas, membros do Governo, líderes de partidos políticos nacionais, diplomatas africanos e organizações internacionais. Estão ainda na cerimónia, autoridades locais entre outras individualidades

O País