A Administração Nacional de Estradas (ANE) vai concessionar cinco estradas nacionais moçambicanas ao sector privado nacional e estrangeiro, como forma de garantir a sua manutenção permanente e propiciar a qualidade para os seus utentes.

Segundo um documento da ANE, citado pelo ‘Notícias Online”na região sul do país, pretende conceder três rodovias, nomeadamente um troço de 185 quilómetros da Estrada Nacional Um, entre Marracuene, na província de Maputo e Xai-Xai, a capital de Gaza, na Estrada Nacional número Dois serão entregues 69,5 quilómetros referentes ao troço Matola/ Boane/ Namaacha, na província de Maputo, e a terceira via é Estrada Nacional Três, que liga Impaputo e Goba, também na província de Maputo com 31 quilómetros de extensão.

Na região norte, fonte da ANE aponta que estão disponíveis as Nampula/ Namialo/ Lúrio/ Metoro, também na Estrada Nacional número Um e a última, designada Estrada Nacional 12, que liga Nacala/ Namialo, o que totaliza 415 quilómetros, nesta parcela do país.

Ao se concretizar esta iniciativa da ANE, diz o jornal, as rodovias poderão ser concessionadas por um período até 30 anos.

Para o efeito, a ANE lançou, recentemente, um concurso para a selecção de entidades interessadas em explorar as infra-estruturas acima mencionadas.

Folha de Maputo