Um indivíduo encontra-se detido nas celas da 8ª Esquadra da PRM em Beluluane, indiciado de violar sexualmente a sua empregada doméstica de 15 anos.

A adolescente que é órfã de mãe e (o pai nunca voltou da África do Sul) decidiu deixar o distrito da Massinga, em Inhambane, para vir a Maputo em busca de emprego.

Já em Maputo, a criança, conseguiu emprego de doméstica na casa do suposto violador, mas viu nela uma mulher para satisfazer os seus desejos sexuais.

O patrão reconhece que envolveu-se sexualmente com a adolescente, mas nega que tenta sido uma violação, afirmando que tratou-se de sexo consentido.

Folha de Maputo