Faltam cinco meses para o país acolher as primeiras eleições províncias. A Frelimo já definiu o perfil dos seus membros que irão liderar as listas para a eleição de governadores.

De acordo com Caifadine Manasse, porta-voz da Frelimo, que está na Beira desde esta terça-feira em missão de trabalho, os cabeças de lista devem ser éticos e íntegros na gestão da coisa pública.

Refira-se que em Sofala a Frelimo nunca conseguiu um resultado positivo no computo geral. Nas eleições gerais e provinciais de Outubro Caifadine Manasse garantiu que a situação será inversa.

Caifadine Manasse vai trabalhar em Sofala até na próxima sexta-feira e irá manter contactos com a população e membros do seu partido dos distritos da Beira, Dondo e Muanza, com as atenções viradas para as eleições.

O País