A Administração Nacional de Estradas, ao nível da província de Maputo, dispõe de pouco mais de duzentos milhões de meticais para a manutenção da rede viária desta parcela do país.

São no total mil e duzentos quilómetros de estrada que vão beneficiar de melhoramento na região, dentre asfaltadas e terciárias.

O delegado da ANE na província de Maputo disse que, neste momento, a situação da rede viária é considerada razoável, não tendo nenhuma via intransitável.

Manuel Cossa falava ontem à Rádio Moçambique, após uma reunião que juntou administradores distritais, edis dos quatro municípios e direcção provincial das Obras Públicas para avaliar o ponto de situação das estradas da província de Maputo.

Cossa explicou na ocasião que devido à exiguidade de fundos nem todos os troços serão intervencionados.

Jornal Notícias