O Rio Revúboé, em Tete, transbordou durante a madrugada desta sexta-feira afectando vários bairros da região e deixando as pessoas bloqueadas.

De acordo com a secretária permanente de Tete, Lina Portugal o incidente ocorreu devido às chuvas que se fazem sentir na zona centro do país, o que terá influenciado a subida do caudal do rio.

Lina Portugal disse que algumas equipas de resgate já estão no local para prestar os primeiros socorro.

“Neste momento já temos as equipas de salvamento no terreno com très barcos para a retirada da população”, disse Portugal em conversa telefónica com a nossa equipa.

A secretária permanente adiantou que já existe um centro de acolhimento para onde será transferida a população para a posterior fazer se o devido acompanhamento e apoio.

“No terreno do centro de acolhimento já se encontra uma equipa de saúde e do INGC para o devido apoio”, acrescentou.

Portugal informou que por questões de precaução foi interrompido o trânsito na ponte até uma avaliação precisa relativo a questões de segurança.

Autoridades não confirmam, mas avança possibilidade de haver óbitos.

O País