Anna Zubko morreu seis meses depois de ter descoberto que o marido, alegadamente, asfixiou a filha até à morte depois de a ter violado.

A pequena Veronika, de seis anos, foi encontrada pendurada numa vedação com o seu brinquedo favorito agarrado ao pescoço.

Segundo o Metro UK, o seu pai, Yaroslav Oleinikov, de 28 anos, terá violado a filha por diversas vezes antes de a matar, deixando o seu corpo exposto no exterior da casa onde viviam, em Rostov-on-Don, na Rússia.

Anna nunca terá conseguido recuperar da tragédia havendo quem afirme que esta morreu “de tristeza”. A mulher terá entrado numa depressão profunda e não procurou ajuda médica, nem depois de ter contraído uma grave infecção pulmonar, que evoluiu para uma pneumonia.

A mulher tinha ainda outro filho, de três anos, que acabou por ser colocado num orfanato após a morte da irmã e Anna acabou por morrer.

Já Yaroslav continua sob custódia policial, sendo acusado de violação e homicídio. Aguarda sentença.

Notícias ao Minuto