Trinta e oito Milhões de meticais é o valor das dívidas que transitaram do mandato anterior para o actual nas contas do Conselho Autárquico de Chimoio. João Ferreira, edil que tomou posse no dia 7 de Fevereiro corrente, garante que vai liquidar a dívida na sua governação.

Contudo, Ferreira considera ser esta uma grande dívida. O Edil explica que desta verba, cerca de 7 milhões são referentes aos salários e horas extras em atraso com mais de 600 funcionários, e mais de 30 milhões relacionados às contas que o município tem com os fornecedores de serviços.

“Temos a previsão para dentro deste ano pagarmos aos nossos fornecedores (de bens e serviços), porque não existe um mandato anterior, não existe um mandato actual, na minha óptica. Não são dívidas que estejam de alguma forma escondidas. O próprio presidente cessante do município falou em público que elas existem. São dívidas que vamos pagar. Os fornecedores têm todo o direito de receber o que lhes é devido”, disse Ferreira.

Para além de pagar as contas, Ferreira também promete devolver Chimoio à posição da cidade mais limpa, uma posição que a urbe já ocupou há alguns anos.

“Estamos a fazermos turnos neste processo de recolha de lixo para podermos eliminar completamente o lixo em todos os pontos onde possa existir. Estamos a fazer esforço para que a cidade, num curto espaço de tempo, apresente uma limpeza como antes era”, garante.

O País