Um homem de 35 anos de idade encontra-se sob custódia da Polícia da República de Moçambique (PRM), na província de Gaza, acusado de assassinar um concidadão de 31 anos, supostamente por razões passionais.

O homicídio aconteceu numa terça-feira (04), no posto administrativo de Combomune, no distrito de Mabalane.

Não foi possível apurar a causa e os detalhes do crime. Contudo, as autoridades policiais naquele ponto do país disseram ao @Verdade que o indiciado alegou que a vítima amantizava com a sua mulher.

O assassinato foi cometido com recurso a uma catana e o suposto homicida revelou que amputou os membros superiores da sua vítima e tentou livrar-se do cadáver.

@Verdade